Cuidados com o uso de oxigênio

  • Nos estágios avançados da DMD, a oxigenoterapia suplementar deve ser usada com cautela.
  • A terapia com oxigênio pode aparentemente melhorar baixos níveis de saturação, mas sua utilização também pode mascarar a verdadeira causa desses baixos níveis, como pulmão diminuído ou respiração insuficiente.
  • A oxigenoterapia pode reduzir o impulso para respirar e levar à retenção de dióxido de carbono.
  • Não é recomendado e pode ser perigoso usar a terapia de oxigênio ao invés da tosse assistida (manual ou mecanicamente) e do suporte ventilatório não-invasivo.
  • Se o uso do oxigênio for necessário, então deve haver muito cuidado no monitoramento dos gases no sangue, e deve-se empregar simultaneamente o suporte ventilatório.

Texto extraído e traduzido do “THE DIAGNOSIS AND MANAGEMENT OF DUCHENNE MUSCULAR DYSTROPHY – A guide for families”