Código CID da distrofia muscular

O código CID (Classificação Internacional de Doenças), instituído pela OMS – Organização Mundial de Saúde, descrito a seguir é comumente requisitado para o preenchimento de certos documentos.

CID-10: Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde

G71 Transtornos primários dos músculos

G71.0 Distrofia muscular

Distrofia muscular (das):

• autossômica recessiva, infantil, semelhante a Duchenne ou Becker

• benigna [Becker]

• cinturas escapular e pélvica

• distal

• escápulo-peronial benigna com contraturas precoces [Emery-Dreifuss]

• escápulo-peronial

• fáscio-escápulo-umeral

• grave [Duchenne]

• ocular

• óculo-faríngea

Exclui:

distrofia muscular congênita:

SOE

com anormalidades morfológicas específicas das fibras musculares

Para saber mais acesse: http://www2.datasus.gov.br/cid10/

Escrito por: Diego Simões Barreto

3 Replies to “Código CID da distrofia muscular”

  1. Minha esposa tem 42 anos de idade. Nasceu com raquitismo. Aos 18 anos de idade se deu diagnostico de atrofia muscular. Aos 24 anos de idade deixou de andar, as pernas e o tronco não estica, fica como se estiver sentada o tempo todo. Deita de banda e hoje virou cadeirante. Os médicos do SUS no pará, não tem certa a CID. (H66 ou M14). A familia dela levou um tempo ao hospital em Belém, mas nada deu certo. Fez exames com neurologista; otorrino, devido a que ficou surda, mas ninguém falou de fazê fisioterapia, nem encaminhar pra um ortopedista. Receitaram como antiinflamatórios: diclofenaco. O qual agravou mais a anemia, que já causada mesmo pela doença e a pouca alimentação que recebia. Precisso ajuda. Já tentei de todo. Faz quatro anos que estamos juntos. No primeiro ano ela pessava 28 kg. Quando passou a morar comigo; hoje, com muitos cuidados consegui ela levar até 52 kg. O estômago e o útero dela não desenvolveram corretamente; motivo pelo qual se alimenta com porções reduzidas e não tem condições para engravidar.isso último, não me preocupa. O que sim é alarmante é que os médicos que consultamos resultam médicos gerais e não o que a gente espera quando recebe encaminhamentos. E ninguém resolve nada de bom. Minha esposa, durante as noites, deitada, se queixa muito das dores nos quadris, e nas juntas de braços e pernas, e as vezes no pescoço. Trato ela com meloxicam 15mg. Mionevrix, sulfato ferroso, e carbonato de calcio, todo para amenizar as dores e repor vitaminas e minerais no organismo. Faço isso porque eu nasci igual ela. Fui criado por uma familia de médicos e professores grau 5° em neurocirurgia, ortopedistas, psiquiatria, psicologia, pediatria, e mais tmb. O matrimonio que me criou eram os dois cadeirantes e catedráticos na faculdade de medicina. (Eu sou uruguaio; e moro no Brasil há seis anos). Minha esposa é brasileira. Por esses motivos escrevo à vcs. Preciso de alguma referência exata. Encaminhamento, dentro do SUS; que seja melhor do que estes ineficientes funcionários no pára estão fazendo. Desde já, muito, muito obrigado. Ass. Ernesto Hugo.

  2. Perdão esqueci dizer que moramos no PARÁ. no município de Paragominas. Ass. Ernesto Hugo.